No dia 22 de setembro damos adeus às temperaturas baixas e ao clima introspectivo do inverno para dar boas-vindas à primavera: estação das flores e das cores, com dias de muito sol e céu azul. A primavera convida a viver a vida do lado de fora e a apreciar toda a beleza natural que floresce nesta época do ano.

Mas além das flores, a primavera também traz uma série de alimentos deliciosos. Os alimentos que estão em período de safra costumam a ser mais nutritivos, pois as condições climáticas do momento favorecem seu crescimento e desenvolvimento natural (diminuindo a necessidade de aditivos químicos). Além disso, tendem a ser mais baratos – afinal, as características de temperatura e umidade favorecem a colheita de uma safra generosa.

Que tal elaborar uma dieta saudável, nutritiva e econômica para a primavera incluindo alimentos próprios da estação? Conheça as principais opções e os benefícios que oferecem ao corpo:

LEGUMES E VERDURAS – Durante a primavera, prepare refeições balanceadas utilizando:

Berinjela: deliciosa e versátil, a berinjela consegue protagonizar uma série de pratos diferentes. Rica em ferro, fósforo e cálcio, tem importante papel no processo de coagulação sanguínea e na formação de massa óssea. Por carregar vitaminas do complexo B, também é uma boa opção para ajudar no metabolismo de gorduras e proteínas.

Abóbora: seja em receitas doces ou salgadas, a abóbora surpreende com seu sabor e suas propriedades nutritivas. É um verdadeiro aglomerado de vitaminas: em sua composição, encontramos vitaminas A, B, C, E e K, além de minerais importantes, como ferro, cálcio, magnésio e zinco. E a melhor notícia ainda está por vir: a abóbora tem um valor calórico bem baixo – são só 25 calorias a cada 100g de consumo!

Beterraba: na primavera, a beterraba fica com sua cor e sabor ainda mais intensos. Ela é capaz de controlar quadros de hipertensão (pois atua com ação vasodilatadora), turbinar o sistema imunológico (com sua alta concentração de zinco, que estimula a produção de células de defesa), prevenir o envelhecimento precoce (através do poder antioxidante da vitamina C) e ainda combater a anemia (pela elevada taxa de ferro em sua composição).

Batata doce: fonte de carboidrato muito mais saudável que a batata comum, a batata doce é uma excelente fonte de energia que não provoca picos no nível de açúcar do sangue – é altamente recomendada para pessoas que praticam atividades físicas, pois também auxilia no aumento da massa muscular. Além disso, regula o funcionamento intestinal com seu alto teor de fibras e ainda fortalece a imunidade do corpo, com sua boa quantidade de vitamina A.

Brócolis: fonte rica de vitamina K e cálcio, o brócolis ajuda a fortalecer ossos e a combater a osteoporose, sendo altamente indicado na dieta dos idosos. Também possui fitonutrientes em sua composição, que protegem a mucosa do estômago e impedem a proliferação bacteriana – além de ser abundante em fibras, regulando o trabalho intestinal.

FRUTAS – Refresque o calor da primavera consumindo as frutas da estação:

Abacaxi: se no restante do ano é um desafio encontrar abacaxi que não esteja ácido demais, na primavera é o momento perfeito para aproveitar todo o sabor da fruta. Excelente fonte de vitamina C e de enzimas que ajudam a neutralizar a acidez do estômago, é uma fruta recomendada para quem sofre com síndrome do intestino irritável, acúmulo de gases ou outros problemas gastrointestinais. Seu alto nível de vitamina C ainda turbina a imunidade e previne contra gripes e resfriados.

Morango: seja em sucos, doces ou in natura, o morango atinge o ápice do seu sabor na primavera. Rico em agentes antioxidantes e antiinflamatórios, o morango atua como defesa contra células potencialmente cancerígenas. A vitamina C e os ácidos fenólicos ajudam a combater os radicais livres, evitando a degeneração das estruturas oculares e afastando o envelhecimento precoce.

Acerola: essa frutinha cítrica vermelha é a cara das estações quentes e é uma excelente fonte de vitamina C – fortalece o sistema imunológico e combate às ameaças de vírus e bactérias. A acerola ainda tem o poder de reduzir os níveis de açúcar no sangue, graças à sua alta concentração de antioxidantes.

Mamão: uma das frutas mais consumidas pelos brasileiros, o mamão é considerado um verdadeiro remédio caseiro: dentro desta única fruta, encontramos muita vitamina C, licopeno, betacaroteno, ferro, potássio e antioxidantes. Também carrega vitamina B2, que preserva a integridade do sistema nervoso e repara os danos causados pelo estresse. Além disso, ainda coloca o intestino em dia e deixa a pele mais bonita!

Maracujá: muito produzido e consumido no Brasil, o maracujá é um verdadeiro calmante natural: além de aliviar a tensão e a agitação, ainda é rico em vitaminas do complexo B e C, que atuam na manutenção da saúde mental e emocional. Tem potente ação antioxidante e combate o envelhecimento precoce, além de concentrar sais minerais como cálcio, ferro, fósforo e sódio.

Na Clinica de Infectologia, você pode escolher o plano ideal de acordo com as suas necessidades e orçamento. Entre em contato conosco.